Curiosidades

Os pais abandonaram-no por ele ser diferente, vê como ele está agora 5 anos mais tarde!

Abandonado pelos pais porque era diferente, admira no que se tornou 5 anos mais tarde!

1

A americana Devon Toomey sentiu um amor especial assim que viu uma foto de um menino no site de uma agência de adoção internacional de crianças com necessidades especiais. Ela já tinha entrado no site algumas vezes, mas se sentiu obrigada a enviar um e-mail para a agência quando viu um bebé que nasceu sem braços e pernas. “No momento em que o vi, sabia que ele era o nosso filho. Alguma coisa falou isso para mim”, contou a mãe ao programa americano “Today Show”.


PS: A 1xBET está a oferecer um bónus de 100€ para novos clientes. Estás à espera de quê? Regista-te >AQUI<

O menino hoje tem cinco anos de idade, e se chama Bowen Toomey. Ele adora ir à escola, saltar de trampolins, ler livros e brincar com seus irmãos Heath, de 8 anos e Brooks, que também tem 5. Bowen às vezes usa a boca para fazer as atividades como desenhar e escrever.

“Ele faz tudo o que qualquer outro garoto faz, ele só encontra o caminho para isso. Se eles estão montando no skate, ele monta também. Ele já sabe como chegar nele, e empurrar até a calçada”, conta a mãe, acrescentando que ele também adora nadar.

A família adotou Bowen após ver sua foto num site de um agência. Bowen adora nadar e faz quase tudo que um menino da sua idade pode fazer. O marido de Devon, Jeremy, lembra que eles foram até Belgrado, na Sérvia, para adotar o menino. “Eles não sabiam como ajudá-lo no orfanato. Na maioria das vezes ele apenas ficava no seu berço. Ele tinha 18 meses de idade, mas não podia fazer nada. Ele não podia rolar e falar. Ele não conseguia nem mastigar os alimentos porque foi negligenciado no orfanato”, lamenta Toomey.

O menino faz fisioterapia para aprender a usar uma cadeira de rodas e próteses. Na escola, Bowen utiliza uma cadeira motorizada. Em casa, o menino fica sem qualquer ajuda, embora às vezes ele seja ajudado pelo seu irmão mais velho protetor, Heath. “às vezes as pessoas olham para ele e o chamavam de estranho. Eu explico como Bowen nasceu e que ele pode fazer um monte de coisas que podemos”, explica o menino.

A mãe admite que é difícil ouvir os comentários ou olhares rudes. “Eu não vou mentir e dizer que é sempre fácil, mas nós tentamos lidar com tudo com graça e até mesmo humor”, explica.

Uma grande família, e uma grande MÃE! Acho que todos temos uma grande lição a retirar da história de vida desta família, se também pensas o mesmo, partilha!

Vê o vídeo:

Partilha com os teus amigos!